A apostasia de Saul

Em 19/04/2016 o Jornal O Dia comunicou que o atual presidente da República Michel Temer visitou um feiticeiro famoso na cidade maranhense de Codó. Fernando Collor de Melo teria visitado o mesmo feiticeiro durante seu mandato de presidente e José Sarney era frequentador assíduo segundo o Jornal.

Notícias como essas são de preocupar o povo de Deus, especialmente porque votamos em algum político que busca a feitiçaria da mesma forma que visita nossas igrejas. A Bíblia é contrária a consulta aos necromantes e médiuns, mas os políticos brasileiros não respeitam muito isso.

Se o Brasil está entregue na mão de pessoas que dependem de práticas condenadas por Deus

é fundamental que saibamos escolher nossos governantes assim como guiar as nossas vidas. Muitos crentes também vacilam em situações limite como a morte de um ente querido. Neste artigo quero alertar a igreja para o perigo de consultar necromantes e mostrar que o castigo para isso vem direto de Deus.

Quando o povo de Israel vivia sob o governo de Deus, cada um fazia o que considerava justo. Mesmo quando o povo se desviava de Deus o Senhor os socorria mandando um juiz que os libertava do jugo inimigo.

O último dos juízes foi Samuel.

Depois de muitos anos de bons serviços ao povo com fidelidade a Deus o coração do povo de Israel se encheu de concupiscência e desejou ter um rei como os povos em volta. Samuel se entristeceu, mas o Senhor lhe chamou à realidade afirmando que não abandonavam a Samuel, mas abandonavam ao próprio Deus.

Nesse processo Saul foi ungido rei e escolhido para chefiar o povo de Deus. Foram notórias a todos as qualidades de Saul, seja em sua altura ou capacidade a ponto de dizerem que ninguém como ele existia em Israel.

Deus abençoou Saul com qualidades que eram bênçãos notáveis

e Saul deveria ser grato por isso por toda a vida, entretanto, Saul começou a desobedecer a Deus quando após uma batalha foi impaciente e não esperou o profeta Samuel precipitando-se em oferecer sacrifício a Deus fora dos padrões estabelecidos por Moisés. A partir dali o espírito da apostasia começou a dominar Saul.

Na batalha de contra os filisteus, Saul teve medo.

Samuel já estava morto e Saul não tinha a quem consultar para satisfazer o seu medo e procurou uma necromante. Nessa consulta apóstata Saul entendeu a mulher via a Samuel e, por isso, foi reconhecido por ela.

O demônio que possuía a necromante decretou o que deveria acontecer com Saul por ter desobedecido a Deus. O demônio não adivinhou nada, bastou apenas deduzir, pois Saul tinha acabado de desobedecer aos mandamentos do Deus Vivo.

O texto de Crônicas 10.13-14 mostra claramente que a derrota de Saul ocorreu devido a sua desobediência.

Pela apostasia que tinha realizado Saul perdeu seu reinado. O reino de Saul foi entregue a Davi a quem, curiosamente, Saul perseguia pois via que Deus o abençoava mais do que a ele próprio.
Como podemos perceber, a apostasia pela consulta a necromantes configura insegurança espiritual. Quem é inseguro espiritualmente não possui a Deus no coração e assim foi com Saul, sua insegurança e medo de Davi o levaram a apostatar de Deus a ponto de buscar uma necromante como substituta para a Palavra de Deus.

Saul foi escolhido como rei por ser um homem que se destacava entre o povo graças aos atributos que Deus lhe dera; Entretanto, não reconhecendo a bênção de Deus,

Saul buscou a ajuda de necromante contrariando o mandamento divino; Como resultado de sua desobediência Saul perdeu seu lugar de reinado que foi passado para Davi que era um servo fiel de Deus.

A Bíblia é clara que consultar necromantes é abominação a Deus. É importantíssimo que num mundo onde o sobrenatural é cada vez mais banalizado para levar as pessoas ao Diabo, que sejamos fiéis a Deus obedecendo Seus mandamentos.

Desobedecer a Deus e prostituir-se após falsos deuses leva qualquer pessoa à ruína.

O próprio Deus entrega o sujeito à própria sorte por ter se afastado do Senhor. Ao passo que a bênção de Deus não cessa, pois se o homem é infiel Deus permanece fiel mantendo a sua bênção concedida a outro servo fiel.

Mantenha sua vida dedicada a fazer a vontade de Deus, não se desvie nem para a direita ou esquerda. Atualmente, tanto Collor perdeu a presidência quanto Temer corre o mesmo risco enquanto escrevo este artigo. Proteja sua vida e a de sua família sendo sempre fiel a Deus em todas as situações, sem ansiedade alguma quanto ao que vai conseguir ou perder, pois Deus cuida de nós.

Sobre Marco Teles 182 Artigos
Formado em Teologia e Pedagogia, pós-graduado em Ensino Religioso, Neurociência Pedagógica, Comunicação e Oratória. Praticamente um "coxinha fundamentalista". Educador Religioso da Igreja Batista em Icaraí, Terceira Igreja Batista em Trindade e Diretor do Ministério Infanto Juvenil na Primeira Igreja Batista de Niterói, não exatamente nesta ordem e tempo. Meu princípio básico é servir a Deus, mesmo de forma incompreensível ao homem mundano, pois não existe comunhão da luz com as trevas. Por isso mesmo continuo pregando o Evangelho, para trazer mais pessoas à comunhão com Deus.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*