Astrólogo nunca erra!

olavodecarvalhoA falsa “inerrância” de Olavo de Carvalho

O articulista cristão Julio Severo publicou em seu site um artigo sobre a “inerrância” do astrólogo Olavo de Carvalho. Ninguém pode negar que olavetes são fanáticas, mas o engraçado é que quase ninguém percebe que Olavo de Carvalho não é conservador. Olavo de Carvalho e olavetes são tradicionalistas. Tradicionalismo é o primo maligno do conservadorismo.

Com uma abordagem light, Julio Severo aponta que o astrólogo sempre faz mais de uma previsão política ao mesmo tempo. Ou seja, se uma previsão der errado, outra dará certo. Assim, fica provado, para olavetes anti-evangélicos, que “o astrólogo tem razão”.

Astrólogo ou molusco

Claro que devemos tomar cuidado com a política, mas colocar um astrólogo no lugar de um molusco não parece ser a melhor escolha para uma nação. Os evangélicos precisam aprender a não desvalorizar sua contribuição para o bem da nação deixando o crédito para um indivíduo que, inclusive, despreza os brasileiros como povo “mais burro e assassino do Universo”.

A estratégia olavete já se tornou clara.

É um tipo de protocolo semelhante ao decálogo de Lenin em sua estrutura algoritmica. A estrutura é a seguinte:

  • Diga de que todos são completamente ignorantes
  • Afirme sua inteligência como superior
  • Diga que seus adversários não podem alcançar seu pensamento
  • Ofenda com palavrões e outros ataques verbais
  • Crie uma torcida de fanáticos que apoiem suas ideias
  • Afirme-se como único “salvador da pátria”
  • Por fim, tente derrubar os evangélicos para ocupar o lugar deles

Olavo de Carvalho está nesse último nível da oposição aos evangélicos. Julio Severo já tem denunciado seu revisionismo histórico da inquisição católica com fins de minar a imagem dos evangélicos no Brasil.

Bolsonaros e Marco Feliciano

É lamentável que homens de bem com vínculos com igrejas evangélicas como os Bolsonaro e Marco Feliciano, percam seu tempo, minando a si mesmos, em aliança com olavetes que pretendem apenas o poder para um catolicismo fanático e tradicionalista.

Marco Feliciano, pensando estar preparado como aluno de curso olavete, saiu chamando escarnecedores para o debate e só fez passar vergonha, pois não se debate com escarnecedores. Se Marco Feliciano verificasse isso na Bíblia e não no curso olavete ele teria evitado essa vergonha.

Flavio Bolsonaro foi candidato a prefeito do Rio de Janeiro. Possivelmente o melhor candidato, mas não foi ao segundo turno, pois começou a defender posturas e conceitos olavetes que o desarticularam como a tal da “cultura superior” ou “alta cultura”. Se Flávio Bolsonaro buscasse em sua própria formação evangélica as bases para sua campanha seria muito mais bem sucedido do que abraçando conselhos e previsões de um astrólogo, anti-evangélico que “nunca erra”.

Os Evangélicos precisam reconhecer seu verdadeiro valor e não se submeter ao olavismo que visa minar o evangelho pela base. Em nossas igrejas existem jovens contaminados pelo olavismo que já assistem aos sermões comparando as palavras do pastor com as palavras de Olavo de Carvalho e não com a Bíblia Sagrada. Ou acordamos para isso ou veremos uma devastação espiritual de apostasia no Brasil.

Oro para que os evangélicos encantados, ou enfeitiçados, pela vã filosofia olavete acordem e retomem o rumo, pois do contrário, seu olavismo somente os encaminha à derrocada espiritual e nada mais.

Sobre Marco Teles 182 Artigos
Formado em Teologia e Pedagogia, pós-graduado em Ensino Religioso, Neurociência Pedagógica, Comunicação e Oratória. Praticamente um "coxinha fundamentalista". Educador Religioso da Igreja Batista em Icaraí, Terceira Igreja Batista em Trindade e Diretor do Ministério Infanto Juvenil na Primeira Igreja Batista de Niterói, não exatamente nesta ordem e tempo. Meu princípio básico é servir a Deus, mesmo de forma incompreensível ao homem mundano, pois não existe comunhão da luz com as trevas. Por isso mesmo continuo pregando o Evangelho, para trazer mais pessoas à comunhão com Deus.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*