Recebendo a coroa da vida. Existe uma para você

no jardim celestial você estará recebendo a coroa da vida
Não se assuste com as batalhas. Quando terminar esta vida você estará recebendo a coroa da vida no céu com Jesus

O adesivo no vidro de um veículo dizia “Deus é fiel, eu não”. Que triste constatação de um caminhar para longe de Deus! Essa pessoa poderia, um dia, estar recebendo a coroa da vida, mas a rejeita. Geralmente são jovens os que gostam dessas modas, por isso, tão mais urgente que saibam que uma vida de fidelidade é o que Deus deseja de nós.

Ser fiel é receber a coroa da vida é um mandamento com promessa. Se formos fiéis, teremos a coroa da vida. Não significa que, necessariamente, seremos martirizados, não. Pode ser que tenhamos uma vida tranquila, mas sempre fiéis até a morte no dia que Deus reservou para nós.

A raridade da fidelidade

A fidelidade tem cada vez mais sido menosprezada pela sociedade secular. Ser fiel tornou-se “careta”, coisa ultrapassada ou coisa de “fundamentalista”. Aliás, chamam de “fundamentalista” tudo aquilo que não compreendem sem saber sequer o que significa a palava em si. É apenas um recurso linguístico para rejeitarem a necessidade de viver com fidelidade perante Deus e os homens.

A necessidade de sermos fiéis

Precisamos de mais pessoas fiéis. A carência de pessoas fiéis a Deus, ao cônjuge, a sua igreja, aos valores morais estabelecidos na cultura cristã é uma desgraça. Precisamos valorizar a fidelidade acima de tudo, pois não existe relação humana livre e verdadeira que não se baseie na fidelidade.

SENHOR abençoa todos aqueles que precisam de sua Salvação enviando um pregador do Evangelho para anunciar-lhe a Verdade. Transforma, ó Deus, o infiel em fiel que possa ganhar a coroa da vida no céu.

Louvado seja, meu Deus, pois o SENHOR nos sustenta em nossas fraquezas permitindo que sejamos fiéis ati. Recebe SENHOR, a nossa fidelidade como louvor somente ao Senhor em Cristo. Amém.

Sobre Marco Teles 182 Artigos
Formado em Teologia e Pedagogia, pós-graduado em Ensino Religioso, Neurociência Pedagógica, Comunicação e Oratória. Praticamente um "coxinha fundamentalista". Educador Religioso da Igreja Batista em Icaraí, Terceira Igreja Batista em Trindade e Diretor do Ministério Infanto Juvenil na Primeira Igreja Batista de Niterói, não exatamente nesta ordem e tempo. Meu princípio básico é servir a Deus, mesmo de forma incompreensível ao homem mundano, pois não existe comunhão da luz com as trevas. Por isso mesmo continuo pregando o Evangelho, para trazer mais pessoas à comunhão com Deus.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*